Há cerca de um ano, com o início da minha conversão, eu desenvolvi o hábito de rezar, em agradecimento, antes de cada refeição.

Até há pouco tempo eu fazia isso de maneira totalmente velada, até para não chamar tanta atenção e causar ainda mais espanto a quem não está acostumado com toda essa mudança.

Antes, eu apanhava bastante. Esquecia. Passava dias...de repente, quando ia jantar, sozinho, me lembrava. Foi duro. Hoje, se tornou natural. Lembro em 90% das vezes.

E vou admitir que, agora, eu acho estranho quando não faço. Quando sento e como, me flagro na metade do prato, surpreso: "Caramba, esqueci de fazer a prece". Parece que eu estou agindo como um animal, sabe? Que nem cachorro: você joga aquele balde de arroz com carne no chão e ele já vem devorando.

Quando eu vejo alguém sentando na mesa, enfiando a cara no prato e devorando tudo, eu não fico regulando muito, mas quando é comigo, acabo me sentindo bem envergonhado.

Ícaro de Carvalho

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog