Você amou ele, respeitou ele, cuidou dele (mesmo sem ele saber), torceu com todas as suas forças pra vocês darem certo, torceu pra ele finalmente ver que era você, e não as outras. Você deu segundas, terceiras, quartas, e quintas chances, e mesmo assim ele não mudou. Ele errou de novo, e de novo, e de novo, e mesmo que isso te magoasse, doía muito ficar sem ele. Você ajudou ele todas as vezes que ele precisou. Você queria ele. Você precisava dele. Ou achava que precisava.
Ele falou coisas horríveis umas 10 milhões de vezes, mas você não se importou, porque parte de você sempre acreditou que ele ia voltar.
Ele não voltou. E não vai voltar. Ele não é inteligente o suficiente pra entender que nenhuma outra vai gostar dele como você gostou, vai aceitar ele como você aceitou, vai entender ele como você entendeu. E ele ainda vai sentir sua falta. Ainda vai ler todas as conversas, lembrar de todos os momentos e pensar o quanto idiota ele foi de ter te deixar ir.
E quanto a você?
Ah meu bem, você já vai ter entendido que merece muito mais do que um idiota que precisou perder pra dar valor.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog